CADASTRE-SE PARA RECEBER REIKI SEMANALMENTE


Minha Experiencia com a Ayahuasca - O polêmico chá Santo Daime

Flavia S Rosa      segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Compartilhe esta página com seus amigos

Minha experiência com a Ayahuasca

 

 Sou uma pessoa muito questionadora... Passei  já por inúmeras religiões...sempre busquei respostas.... e dentro desta busca sempre eu me perdia.... parece que quanto mais eu estudava menos eu sabia.... cheguei ao ponto de virar Universalista porque não me encontrava em nada... mas sentia necessidade de respostas....

A Ayahuasca vem sido tratada como uma “droga” muito polêmica dentro das crenças religiosas e gerais. Por esse artigo venho contar a minha experiencia pessoal e tirar um pouco do preconceito em torno de algumas verdades absolutas e positivas sobre esse compilado de plantas amazônicas que gera tanto conflito entre religiosos e cientistas.

Mas afinal de contas o que é a Ayahuasca/?

Ayahuasca (do quíchua aya, que significa 'morto, defunto, espírito', e waska, 'cipó', podendo ser traduzido como "cipó do morto" ou "cipó do espírito"), também conhecida como hoascadaimeiagêsanto-daime e vegetal, é uma bebida enteógena produzida a partir da combinação da videira Banisteriopsis caapi com várias plantas, em particular a Psychotria viridis e a Diplopterys cabrerana.

A produção e o consumo da bebida são difundidos no mundo todo, em especial nos países ocidentais. A ayahuasca é, frequentemente, associada a rituais de diferentes grupos sociais e religiões, além de fazer parte da medicina tradicional dos povos da Amazônia.

Enteógeno (também chamado enteogênico ou enteogénico) é uma substância alteradora da consciência que induz ao estado xamânico ou de êxtase. Diferente de alucinógeno . O uso de plantas (ou fungos) para alteração da consciência e percepção é uma realidade mundial e milenar. Até mesmo animais usam plantas com atividade psicotrópica, como é o caso de javalis e primatas que cavam para conseguir as raízes do poderoso Tabernanthe iboga.

Estima-se entretanto que populações indígenas utilizem bebidas com estas plantas há aproximadamente pelo menos 3.500 anos.

ayahuasca é capaz de desintoxicar (purgar), reativar órgãos danificados e propiciar melhoras em quadros de dependência química, por exemplo. O Mestre Irineu, fundador do primeiro grupo neo-ayahuasqueiro, o Centro de Iluminação Cristã Luz Universal- Alto Santo, dizia que o seu daime podia curar todas as doenças, exceto aquelas que vieram por sentença divina. Entretanto, ele também dizia que "o Daime é para todos, mas nem todos são para o Daime", e proibiu o proselitismo da bebida para os seus seguidores.

 

 Eu sempre tive a curiosidade em tomar o chá ..... mas tinha medo... cheguei por diversas vezes ligar no instituto União Vegetal mas nunca conseguia acesso, e-mails nem sei quantos mandei... mas parece que não era pra ser.... me diziam que teria que ser indicada por alguém para poder visitar o local , e eu claro, como não conhecia ninguém acabava deixando  pois não teria então como ir....foram passando os anos.. e um dia em minha timeline do Facebook aparece uma postagem do Pulsar a Resistencia... fiquei encantada, eles tinham postado um vídeo falando sobre Deus... o Deus que buscamos..... e a busca da religiosidade..... se deparava com um balde cheio de buracos, e a água nunca preenche o balde obviamente pelos buracos.... meu coração palpitava pois era exatamente o que eu queria.... viver a experiência porém sem ter que ficar horas cantando hinos ou aparamentada por roupas e uniformes de supostas igrejas que usam de templos para usar a erva.... queria ter acesso a Ayahuasca  aos moldes tradicionais...

foto que representa a busca pela espiritualidade   Queria viver a experiência da maneira original, por índios, xamãs, algo que fosse impactante... Sem paramentas, templos, hinos... tinha já assistido centenas de vídeos no youtube a respeito mas me incomodava ter que tomar o chá por instituições...sou claustrofóbica  e não me imaginava por horas dentro de um local cantando hinos e tendo que me vestir de branco girando em circulos pra esperar efeito da erva..... enfim.... entrei em contato com a equipe Gaya Kali que são os organizadores dos rituais, e foram muito legais... acabei não indo a alguns meses atrás por mero protocolo, queria que alguém fosse comigo, ninguém quis ir, tinha receio de dormir fora de casa sem marido ( aff que tolice ) então desta vez resolvi deixar tudo isso de lado, chamei alguns amigos e lá fomos....

O evento era em um sítio, meia hora da cidade, ( moro em Poços de Caldas, e o sítio era próximo a Caldas ), um lugar mágico, lindo... Com lagos, açudes, muitas árvores..... cenário perfeito, muitos pássaros cantando, inclusive muitos tucanos......  as pessoas foram chegando, e percebi um ambiente muito descontraído, de jovens, adultos, e até idosos.... todos em busca de respostas.... poucos ali já tinham vivido esta experiência, grande maioria eram novatos.....

Eles organizaram o espaço, juntaram lenha, muitos ajudaram para montar uma fogueira... o tempo fechou e com sorte não molhou a lenha que haviam separado para a fogueira.... após todos terem chego ao local,  o Xamã Sahaj Kaliman deu uma palestra explicando tudo que precisávamos saber sobre o ritual... Como seria, a diferença deste ritual para outros de instituições religiosas.... a diferença do chá que eles nos serviriam para o chá de outros rituais....

Lá estavam pessoas de muitos lugares, cidades distantes e até pessoas do exterior... Todos separaram seus colchonetes, cobertores, e se colocaram de maneira muito confortável para esperar o momento certo....

Cada um á sua maneira fez sua prece pessoal, pedindo direcionamento... que a erva lhes trouxesse respostas, discernimento, e pra quem foi apenas por curiosidade que apenas entregasse o que precisava ver... e foi o que fiz... pedi que me permitisse usufruir ao máximo desta experiência... Que me fosse entregue as chaves, respostas do que minha alma precisava vivenciar.... Do que eu clamava e implorava por respostas.....

Ele nos explicou que seria dado 2 doses, um copinho de apenas 25 ML ( ao contrario de outros lugares que servem 200 ml em 3 doses), e o terceiro mais pro final da noite seria opcional, caso alguém quisesse e sentisse necessidade poderia pedir....

Colocou um áudio para fazermos uns exercícios respiratórios para preparar nosso organismo para receber a erva, e explicou que poderíamos passar por uma limpeza interna ( vomito ), nem todos passam por ela, mas é normal e esperado....  eu estava de jejum a muitas horas, tinha me alimentado apenas de salada e chá dia todo, nem água tomei pois tinha muito receio de passar mal..... como fiz bariátrica tenho estômago reduzido e após a cirurgia nunca mais consegui vomitar, talvez pelo fato de o estômago estar menor, não temos o impulso... então rezei pra que não passasse mal pois seria bem complicado pra mim lidar com isso....  e deu –se inicio aos trabalhos....

Ele colocou uma musica ou melhor uma playlist linda, muito forte... a batida dos tambores ecoava em minha alma, sua equipe ajudava com tambores, tabaques, chocahos, e outros instrumentos.... e ele foi servindo um por um o chá....levava até nós ... cada um bebia a erva acompanhado de um pedaço de maçã para aliviar o sabor....

Ele serviria todos e começaria novamente a servir a segunda dose a todos....orientou que a pessoa poderia tomar e se deitar o mais confortável possível, porém eu quis ficar sentada em posição de lótus com medo de passar mal, pois sempre que me alimento e deito tenho refluxo....  tomei.... ele serviu umas 4 pessoas em seguida após eu tomar e foi instantâneo... Comecei a sentir cocegas.... Dormência.... tudo foi ficando turvo.... achei estranho..... luzes muito fortes....e coloridas... olhei meu colega e ele me estranhou, falou que iria demorar talvez o efeito, mas pra mim foi tiro e queda.... já tinha me afetado....resultado: nem vi passarem servindo a segunda dose....

Foi muito mágico... palavras dificilmente conseguiriam expressar esta viagem...não me recordo de deitar, mas quando me dei conta eu estava com cobertas, e deitada.....

A viagem da primeira dose foi mais lisérgica...  muito colorida.... tudo ia desmoronando pra mim como lego ( brinquedo ).... blocos de lego... eu via meu rosto desmoronando... ai meu rosto ia pra mesa.... que desmanchava e ia pra terra....tudo em simbolismo a me levar a crer que tudo é uno.... tudo é uma coisa só......  e vinham as vozes.....entendia que a voz era minha consciência falando comigo...  a todo momento eu me centrava pra entender onde eu estava.... quem eu era....  até o momento de não mais lembrar quem eu era.... tudo foi sumindo...não existia mais espaço/tempo... .sabia por alto que eu tinha filho, marido.... mas a sensação era de quem já havia passado muito tempo....

Eu agora estava no cosmos... era o cosmos e nada mais fazia sentido...  percebia de longe pessoas vindo falar comigo...  sentia a presença da Rejane Satori ( membro da equipe), ela foi um anjo, muito presente em minha experiência....vinha sempre me cobrir.... me colocar em posição confortável..... em algum momento senti que eu precisava vomitar.... não conseguia... ela estava ali, sentia sua presença...... o som era incrível...  via de longe a presença do grandioso e belo cocar do xamã... se iluminava na sala.... ele ia de um em um olhando se todos estavam bem..... 

 

E a viagem continuou...  alguns momentos foram trevas.... me sentia só.... tinha vontade de chorar...  mas falava com minha consciência não quero bad trip.... me faça me sentir bem... quero boas experiências.. e viajava muito rapidamente por cenários diferentes....  então algo estranho se passava... vinha uma voz com cenas que iam passando como cartas, castelos de cartas caindo, eu observava aquilo e questionava... ai vinha a voz que questionava a voz.... e a voz que questionava a voz que questionava a voz... e a em seguida a pproxima voz que questionava a voz que questionava a voz... e assim por diante..  e isso ia vindo muito rápido como uma escada.... e eu observava de longe.... tudo rápido mas ao mesmo tempo parecia levar séculos.... e me dava conta que era construção ou desconstrução da minha mente..... ai eu me focava, respirava fundo.... me dava conta de onde eu estava..... e a viagem voltava tomando novo rumo..... tentava lembrar do meu filho , casa, projetos.... facebook , planos.... tudo ia desmoronando....e o tudo se questionava porque da existência disso tudo..... e ia desfazendo.... vinham rostos de pessoas nesta viagem.... tudo se desfazia....entao eu me senti morta... vivi a morte.... senti que eu era o ECO...... o cosmos.... o nada..... e tudo que passou não fazia sentido mais.... não mais existia.... 

 

Então pedi perdão a minha mãe... me senti sempre culpada pelo seu falecimento que foi muito rápido, ela muito nova... e muito recente ainda... sempre sentia culpa que poderia ter sido adiado sua partida, que se deu pela falta de atenção, ou falta de cuidados.... queria muito vivenciar seu perdão.... que ela me mostrasse amor, que me perdoasse... então eu dizia  “ mãe.. me mande um sinal que você me perdoa..”   .. fiquei esperando o sinal...  abri os olhos... e veio um vaga lume... não conseguia acreditar se era um vaga lume real, ou se era “viagem”...   e veio a lembrança do porquê do vaga lume:

" Quando me casei em 2008 fui passar lua de mel com meu marido na Bahia,  e meu filho era pequeno, tinha seus 3 anos.. ficou com minha mãe e foram pra Carmo do Rio Claro MG  cidade proxima a represa de Furnas com meu padrasto e a família dele... andaram de barco.... e eles viram muitos vaga lumes esta noite... foi algo que marcou a vida dele quando criança... foi algo mágico... quando voltei de viagem ele pequeno relatou que foi a imagem mais linda que já havia tido na vida... os vaga lumes ( digito já em lagrimas)  e aquilo marcou sua vida....  os anos passaram e isso eu já havia esquecido deste fato, nunca mais vimos vaga lume, na cidade onde moro não é comum...   Então minha mãe faleceu em 2016... meu filho era muito grudado nela... ele já com 11 anos no falecimento de sua avó tinha maturidade absurda, ela praticamente o criou então sua partida era algo que eu como mãe queria que ele não sofresse a ponto de se desesperar.. mas ele teve muita maturidade... bem mais que eu... confortava as pessoas.... me confortava....só chorou no momento da noticia....... mas depois no velório ou enterro não chorou...  e nesta noite após seu enterro fui colocar ele na cama e foi algo mágico.... na sacada em frente ao seu quarto estava o vaga lume... não estava voando... estava sentado e brilhava muito..... comecei a chorar e falei pra ele... ai está a resposta.. .. tinha passado 8 anos ele nunca mais tinha visto outro vaga lume......então disse : A vovó veio pra te dizer que a vida continua.... ela te mandou o vaga lume... ou ela é o vaga lume...  ( pausa aqui porque estou chorando muito.....)   "

Então  ela hoje se mostrou novamente como o vaga lume...... contei para minha colega ao lado, tinha um casal e ela não havia gostado muito de sua experiência.. mas quando contei do vaga lume senti que ela achou que eu estava “ louca”.... fui ao banheiro.... Voltei.... fechei meus olhos novamente..  e pedi uma confirmação..   vieram muitos, mas muitos vaga lumes... desta vez não recordo se estava com olhos abertos ou fechados... mas eles vinham em minha direção, batiam as asas e eu sentia que a luz que os fazia brilhar era a essência.... era a vida... era a chama trina.... era a consciência.... era minha mãe... e era eu... era tudo......  fiquei muito emocionada... veio sentimento de muito amor e acalento em meu coração... me senti abraçada... colo de mãe.....

Fechei novamente meus olhos... me cobri, sentia frio.... e mergulhei de volta no Cosmos...então eu perguntava para o eco  me mostre o Divino.... buscava respostas.... me mostre o criador...eu ia mergulhando por imagens que iam caindo como paginas voando e caindo de uma mesa ilusória desconstruindo dogmas.. nomes e imagens....   e vinha uma risada cósmica.... vinha a minha voz...você é o divino... eu sou o divino... eu sou o criador... você é o criador....  via o universo de cima.... minha criação... e um riso forte... ecoava em minhas células..... me dava vontade de chorar..... e ao mesmo tempo rir.... tudo vibrava em minhas células.... a batida do tambor.. as pessoas ao meu redor...todas são eu.... e eu sou o todo.... pedia novamente, queria respostas, pedia por ver Mestre Saint Germain, Arcanjos, anjos.....  e tudo desmoronava como cartas... caiam como se fossem invenções...  fui desconstruindo quem eu sou.... todos dogmas... experiências... tudo me foi mostrado que eu precisava de todas experiências pra viver..... que tudo fazia parte da piada.... da experiência terrena..... via como se o globo terrestre fosse meu marionete....uma bola de cristal presa por uma linha nos meus dedos.... eu o conduzia....e voltava... o transe ia passando.... eu fechava o olho tudo isso voltava... revivia sempre.....

O efeito foi passando.... tinha muita vontade de fazer xixi... fui ao banheiro e não entendia de onde saia tanto liquido já que não tinha bebido água pra isso... Parecia não acabar.... voltei do banheiro e conversei com o Xamã Sahaj.... disse que não vi ele passar oferecendo a segunda dose, se é normal.... ele disse que sim , quando eu estivesse preparada poderia pedir mais uma dose... fui pra perto da fogueira... sentia os elementais do fogo... ondinas....me sentia no fogo... queria dançar mas não conseguia.... mas me imaginava ali dançando.... então alguém da equipe me trouxe uma cadeira... fiquei ali na fogueira... me senti querida...cuidada... todos ali eram uma família.... pessoas que há alguns anos atrás eu olharia com olhos de  “malucos... maloqueiros, ou coisas assim, os julgaria pela aparência talvez ”... hoje tenho um amor enorme.... me despi de preconceitos, e conceitos... percebi que roupas não fazem pessoas... imagens não fazem pessoas.... desconstrui a questão de  “ construção de imagem” cobrada pela sociedade... títulos, faculdades, historia de vida....  ali pouco importava... todos eram iguais... são iguais....e quanto amor eles tinham... luz nos olhos... carinho...  não digo que depois desta experiência vou mudar quem eu sou radicalmente ao ponto de mudar minhas vestes, nome, cabelos, viver como hippie no meio do mato  ( algo que sempre quis na verdade e me fascina ) ou abdicar do meu estilo de vida.. mas tirar o pé do acelerador é bem provável....  nada mais importava... percebemos que daqui nada levamos que não seja o amor....mesmo lendo tudo isso em livros o impacto que a experiência causa é bem diferente...aquele sentimento que me acalentou foi o que permaneceu até hoje e não quero que se apaga....  entendi o sentido de chama trina... vivenciei ela.... cristificação... fogo... amor.....

Ao meu redor vejo toda equipe ajudando uns e outros... via a luz do cocar de Sahaj e compreendo porque de ser branco... ele se iluminava e destacava no meio de todo no escuro .. uns riam, outros estavam em posição fetal...   Shakti sempre querida ia e vinha confortando pessoas... mas sempre a via dançando no fogo... tocando os instrumentos....

E me veio a imagem do Enzo, meu filho.... criança tão especial, tão querida... ele foi diagnosticado com TDA  aos 6 anos... teve dificuldades em sua alfabetização... mas eu sempre acreditei que nem todos são para o sistema... não entrava na minha cabeça esta cobrança por perfeição do sistema.... sempre cuidei dele de minha maneira para que não sofresse a cobrança da sociedade... cobrança imposta, não queria que ele ficasse pra trás... mas enquanto isso centenas, milhares de mães davam Ritalina para seus filhos... medicavam como se os “médicos” convencionais e remédios convencionais pudessem criar pessoas melhores, ao invés de lhes dar amor e carinho estavam criando robots para a sociedade... Maquinas de consumo.... esquecem sua essência, quem são, quem foram.... minha concepção é não medicar... aceitar eles como são, e ali compreendi o quanto a sociedade é cruel... tv é cruel...

 

Me deu nojo no dia seguinte TV, internet.... fiquei longe do celular dia todo, centenas de mensagens chegando e eu não queria nem passar perto... me dava náuseas.....

Não queria viver neste plano mais.. nada fazia sentido... mas o amor do meu filho era a única coisa que me prendia aqui.... sentia sua dependência... mas sentia o quanto de lição a erva me trouxe em tão pouco tempo... lição de vida de anos em flashs.....  percebi o quanto os Indios são evoluídos... quanta lição de vida nos deixam, que benção nos deixaram este conhecimento sobre cura... sobre as ervas... sobre nos auto curar... nos curar.... e o quanto eles hoje sofrem... tendo suas terras tomadas... suas águas contaminadas... pensei na Vale do Rio Doce... lagrimas desciam.... tudo isso em flashs de segundo...

Entao veio novamente o Xamã Sahaj em minha direção, e me disse que quando eu estivesse pronta para a segunda dose ele estava a disposição.... não sei que horas eram, sabia que havia passado varias horas, a maioria já estava na terceira dose, e lá eu ia para a segunda ainda...  esta foi mais difícil de engolir... me deu náuseas... ele passou um líquido em mim, uma espécie água floral, que disse que tira o enjôo.... tomei e fui pro meu cantinho... olhava para as árvores e via a vida..... a vida corria como um led pelos galhos das árvores....e ao mesmo tempo sentia que aquela imagem era como minhas veias... aquela mesma luz tinha dentro de mim...  algumas nuvens se moviam e via halos no céu como portais.....pedi novamente que me fosse dada uma experiência linda... não queria ver sofrimento.... sofrimento já chega o que temos na terra... não queria ser impactada por imagens fortes......

E a experiência começou novamente... não tão colorido como da primeira... na primeira dose as cores me impactaram, movimentos.... sons.... a segunda foi diferente... mais cósmica.... pedi que me fosse falado meu nome cósmico... não vinha resposta... era como se isso pouco importasse.... você é o que você quiser..... não me recordo muito de muito que ocorreu.. mas foi impactante... neste momento muitos dançavam em volta da fogueira... eu não tinha forças no corpo... tentava compreender como pra uns a erva impactava de uma maneira e pra outros de outra.... tentava dormir.... o mental não parava.... eu não o controlava... muitas vozes.... era como se o meu psicológico tentasse controlar o meu mental.... e ali perdia o controle., como realmente corpos separados....sentia necessidade de silêncio.... e o silencio vinha.... tudo que eu pedia vinha... então percebi o que é ser co-criador... ondas Theta... ondas Alfa... estado Rem.... tudo que eu estudava eu estava vivenciando ali..... meu coração batia na minha jugular... sentia meus batimentos como vozes... e mergulhava cada vez mais.... e vinha uma luta contra meu ego... os pensamentos vinham como formas... eu ia desmanchando um a um como um samurai lutando... queria chegar ao núcleo.... desfazer do Ego... e vi que era uma luta de uma vida... pois vinham muitos... como se muitos ali viessem prontos de outras existências..... percebi o que são fractais... fractalidade.. ..

 

 

 

 

 

 

 

 

Então percebi que nem tudo somos capazes, então temos apenas que mudar nosso foco e percepção sobre o que são.... e desconstruir estas imagens de uma nova maneira... novo aspecto...como partes integrantes do que somos... esta foto reflete o que quero dizer... não mais lutar pela personalidade mas lidar com ela... ter gratidão...

Quando via coisas negativas eu focava na minha respiração.... respirava fundo ao máximo, as vezes não conseguia, as vezes me faltava ar...   o som foi ficando mais suave... as danças foram parando... este momento a grande maioria já dormia.... e eu ali permanecia.

Novamente foi me mostrado o que é a Matrix, algo que eu mesma falava a respeito com meus alunos, e pacientes....sempre estava presente em livros que leio, cursos e palestras.... mas nunca tinha vivenciado... vinha então a imagem pra mim do Rodrigo Romo, Carina Greco, Alryom, tantos outros que pregavam “sair da matrix”, mas eu até então não entendia exatamente , falava mas da boca pra fora... fui entender o real sentido....  e eu saia e entrava desta construção que criamos... me dava por algumas vezes vontade de ficar por lá e não voltar.... e em outras vontade de voltar por conta do meu filho..  Mas estranhamente as vezes saia de minha mente até seu nome... vinha em flash preocupações pra mim como contas a pagar, pacientes que preciso dar segmento em atendimentos, problemas do meu dia a dia... isso ia caindo novamente como cartas, como baralhos... ia se desfazendo... e a Consciência que falava comigo vinha me mostrando qual a importância disso tudo....como se isso fosse um jogo... como se fossemos marionetes... sendo testados... e ao mesmo tempo infinitos universos existiam mas não conseguia acesso a todos...queria vivenciar outros planetas, outras formas de existência que não fora a humana....mas percebi que não era eu quem conduzia a viagem, eu era conduzida e me era mostrado o que eu precisava ver e ter acesso....

Tinha a nítida impressão que aquilo não era 5D ( quinta dimensão).... eu que tenho facilidade em desdobrar em astral conhecia já  5D mas não era nem de perto algo dimensional..... era pós morte....mas não conseguia expressar... talvez fosse 6D, 7D.... mas sentia que só era quinta dimensão quando eu abria os olhos pois sentia os elementais... 

Toda hora vinham moscas, aleluias, insetos em minha direção ... alguns me incomodavam, outros nem tanto... mas o barulho dos sapos, grilos, pássaros me encantava... ecoava em minha mente mais que a batida dos tambores...

E assim vi o dia nascer...  via a aura muito colorida das pessoas... e dos animais.... tinha alguns cachorros no local....esta aura via em cores... como um arco íris em camadas.... era lindo.. via isso nas pessoas também.... a chuva ia e vinha...  me acalentava o barulho....  mais uma vez fui ao banheiro...desta vez ­­ a volta foi estranho.... o corredor parecia maior que o normal.... minha mão travou na parede lembro novamente da Rejane ( da equipe ) vir me ajudar.... ela era como um anjo... por varias vezes quando eu tive medo ou algo estranho acontecia eu pedia ajuda mentalmente e lá estava.. mas não fisicamente... por algumas vezes olhava ao redor e eu estava só... mas fechava os olhos e ela estava  lá....abraçada comigo me confortando.... não consigo expressar em palavras a gratidão que tenho por esta equipe.. ... 

A viagem vinha e ia.... dava voltas ao meu passado... pessoas que eu nem lembrava de suas existências apareciam.... outros fatos apareciam que eu desconheço mas apenas observava as imagens.... não julgava, só observava.... o sentimento que nada somos e na verdade tudo somos.... algumas coisas não somos capazes de modificar.. mas o nosso universo particular sendo modificado vai modificando o redor aos poucos... como energia... ia puxar seu semelhante ali....

No espaço apesar de todos estarem conectados a viagem era muito particular..... a grande maioria já tinha ido dormir, já estavam em seus quartos... e eu fiquei ali, vendo o dia nascer.. não dormia.. tentava dormir mas entrava na viagem novamente.... e aquilo passou a me incomodar... queria que o efeito passasse.... o sol nasceu.... Sahaj veio conversar comigo.. me deu agua pra beber, me sentia desidratada... tinha perdido muito liquido mas não bebi nada pois tinha receio de vomitar.... não consegui comer também, ele me ofereceu frutas, tinha muita coisa na cozinha, bolos, torradas, muitas frutas mas eu tinha medo de digerir... queria descansar... conversamos, ele me acalmou.... fiquei encantada porque o tempo todo ele se fazia presente para todos, ajudava a todos... fiquei encantada com sua missão.... queria compreender como alguém pode dedicar a vida a levar experiências assim para outras pessoas... e percebia que não tinha intuito financeiro mesmo porque sabia que o aluguel do sitio para eventos assim era caro, e a erva era preparada no Acre, por índios... eles levavam 21 dias no preparo, fervendo 8 horas por dia .... então não era um chá simples como de outros lugares....

Enquanto a Ayahuasca de alguns espaços são fervidos 8 horas, o que ele nos servia era concentrado potencializado 21 vezes. ou seja, eles ferviam 8 horas, dia seguinte tirava as ervas e colocava novamente mais ervas e fervia mais 8 horas... e tudo isso por 21 dias.... por isso bastava 25 ML invés de 200 ML e o efeito era mais rápido...

Ele me conduziu ate meu quarto e saiu.... tentei dormir... as horas se passaram  e nada.... não passava o efeito.... as horas se passaram.... comecei a ficar desesperada... as pessoas já se arrumando pra ir embora, voltar a suas vidas... e eu ainda ali sob efeito do chá....era um entra e sai no quarto, foi me incomodando.... fui pra outro quarto, conversei com colegas, contei minhas experiências, eles compartilharam as deles... e nada... não passava... tentei comer uma maçã, não descia... não comi nem meia maçã.... escovei meus dentes, tomei agua e tentei novamente dormir mais um pouco.... não passava o efeito..... ( quem estiver lendo este relato não se preocupe... comigo foi diferente porque tomei a segunda dose muito tarde, então retardou o efeito) .... a Rejane veio no meu quarto novamente, conversamos... expliquei que tinham pessoas comigo no carro e isso me preocupava.... tinha receio de dirigir... ela me acalmou, e disse que se não me sentisse bem arrumaria alguém pra ir no meu carro dirigindo.... tentei novamente descansar...   e no quarto veio a imagem do Sahaj me ajudando , ele estava em astral comigo... puxava cobras de dentro da minha boca... mas era algo mental... claro ele não estava lá..... era como se eu precisasse de ajuda pra tirar o resíduo do chá porque eu não conseguia vomitar.... tinha virado a noite...  fui pra cozinha, tentei comer um biscoito de polvilho... desceu melhor, senti que precisava de sal..

Sahaj veio novamente a meu auxilio... me deu água , eu não conseguia beber muita água.. tentei tomar meio litro... precisava de liquido pra ajudar a induzir meu vômito...sentia que precisava pra me aliviar mas não conseguia... colocava o dedo e nada.... me sentia adormecida... como se estivesse em um sonho... estava acordada mas estava como se estivesse sonâmbula.... fui acalmando porque já estava em estado de nervos imaginando que teria que pegar a estrada naquele estado... e eles foram me empoderando, mostrando que estava tudo bem, que eu poderia voltar com segurança.... e assim foi... peguei o carro, voltamos a 40 por hora ... a estrada pareceu bem mais longa do que a ida... deixei meus amigos em suas casas e vim pra casa...

Foi estranho entrar em casa... tudo tinha mudado...queria estar aqui mas não me completava mais... meu filho me recebeu com um grande abraço... sabia da experiência mas pela idade não compreendia, só expliquei  “por alto” o que se tratava, que não tinha absolutamente nada haver com alucinógenos, que era uma experiência espiritual.... ele me respeitou, compreendeu...  fui pro quarto tentar dormir... meu marido chegou, preparou um almoço... não conseguia comer... tive nojo da carne....e minhas mãos ainda tinham espasmos.... e de vez em quando ainda sentia insetos.... meu marido sentou no quarto contei sobre a experiência e magicamente minha gata amarela ( Chanel ) veio e começou a miar.... sentou no meu colo, algo que não costumava fazer, e parecia conversar comigo telepaticamente e participar de tudo enquanto eu contava pra ele.... miava como se quisesse falar... um magnetismo incrível...  depois veio o outro gato cinza, o macho que é mais grudado comigo e ficou o tempo todo comigo no quarto nos meus pés... como se fosse meu guardião... me ajudou o dia todo...

Ai algo estranho aconteceu a tarde, comecei a ouvir muitas vozes de pedido de socorro... não sabia se era criação mental minha.... gritei meu marido, achei que ele fosse me taxar de louca, pedi pra ele sair na janela... e não era criação mental... um homem estava muito alterado, sob uso de crack entrou no prédio, e tentava invadir o apartamento da síndica... ela gritava pedindo ajuda, meu marido não queria ajudar pois achava ser uma briga de casais...pedi que fosse , ele foi lá, tirou o rapaz pra fora, ele pedia ajuda desesperado... senti a angustia dele como sendo a minha... gritei da janela pra ele falando pra se acalmar, que ele seria amparado... ligaram para a Policia, o rapaz dizia estar fugindo porque queriam matar ele... não sabemos se é verdade ou não, ele estava em uma “viagem”... mas eu estava também em uma  rsssss então ficaram com o rapaz até a PM chegar e o levar.... foi estranho porque eu ficava refletindo se eu causei aquela situação, se era viagem mental minha, se estava realmente acontecendo, onde eu estava, quem eu era...   e não passava as sensações...anoiteceu;

A noite conversei com Shakti e ela me sugeriu tomar leite.... foi algo estranho, eu não bebia leite a anos, mas aquilo desceu pela minha garganta doce como um antídoto.... e me ajudou a desintoxicar...  bebi bastante água.... não conseguia comer ainda...tinha perdido muita água, sentia necessidade novamente de frutas.. comi  uma maçã.... liguei a tv  já era umas 21 horas do domingo... e nada me agradava. Não conseguia assistir canal algum... tudo me dava nojo... me dava asco.... voltei para o quarto, tentei dormir... sentia muito a presença de Sahaj  e de outros índios me auxiliando a noite toda...   acordei na segunda feira  40% melhor.... consegui comer.... não como normalmente como mas me confortou o estômago... e foi passando ao longo do dia a dormência, e minhas mãos foram voltando dos espasmos... minha preocupação era não conseguir sair do transe... como eu ia viajar na quinta feira neste estado... vinha a imagem mental das pessoas me julgando , isso me incomodava... mas enfim... resumindo..

Não digo que vou mudar meu estilo de vida, nome, roupas,cabelo ou me tatuar por conta desta experiência.. mas tudo o passou sei que me modificou... até esqueci que estava de dieta ( estava fazendo a dieta HCG ) , não me preocupei mais com os alimentos que podia ou não comer.... mas também não me preocupava mais com questões básicas que faziam parte da minha vida como  “questões reencarnacionais”.... só precisava de amor...  o fator ir e vir , nascer e voltar era algo que me irritava... me incomodava... achava um absurdo termos que ficar presos nesta roda encarnacional... roda de samsara.... e percebi que a engenharia por trás disso é inteligente... e não é algo que eu tenha que dispender minha atenção e me preocupar...   mas voltar para a matrix  sim... isso dói a alma, incomoda... ter que viver como o sistema quer, cobra,  sim.... isso é latente e urgente....   a minha vontade era juntar toda família e ir embora pra Piracanga ou qualquer comunidade fora do sistema... viver de energia, de troca, de terapias... não mais me moldar como o sistema, mas criar minhas situações... quem sabe um dia....

Tomaria novamente? Hoje digo que pra mim foi suficiente, mas quem sabe um dia, com outro contexto.... minha viagem foi muito profunda, muito reveladora, muito intensa.... pra mim bastou, me foi entregue tudo que pedi e muito mais..

Tenho muita gratidão por isso... então se voltar a tomar seria por um novo contexto.. mas uma coisa eu digo:  a erva não causa dependência... chega a dar medo tomar uma segunda ou terceira dose, requer coragem..... me lembro em flashs  que enquanto sob o efeito da mesma eu ia lembrando de pessoas que precisavam tomar e passar por isso urgente... veio a imagem do filho do meu padrasto, que está em clínica para dependentes químicos a anos, não se cura de sua dependência.... acredito que pra ele seria crucial viver isso... amigas em depressão.... enfim., muitas pessoas.... queria que todo mundo uma vez na vida passasse por esta experiência.... hoje é segunda feira a noite, escrevo isso porque na verdade minha intenção era fazer um vídeo... mas pessoas julgam... não estudam a respeito, e já apontam dedos, hoje em dia é moda ser um "hater"..... não queria que me julgassem... isso é muito íntimo, muito pessoal... por isso resolvi aproveitar desta minha pagina, blog que praticamente não posto nada a não ser minhas terapias para servir de um espaço que leve cura pra alguém....

Que esta cura lhe alcance pois nem todas terapias tem eficácia imediata e descontroem e constroem pessoas de volta como a Ayahuasca...  hoje posso dizer que perdi a minha virgindade com ela... ela mostrou seu poder.. mostrou sua força... me conectou com o poder dos Indios... e a eles tenho uma gratidão eterna

A grande missão agora é levar esta vivência para minha vida... tirar as conclusões do que passei, as respostas só o tempo vai conduzir e mostrar pois as perguntas se mostram com o passar do tempo.... Quem já pratica a ayahuasca há mais tempo diz que são necessários pelo menos três trabalhos para se chegar a um entendimento dos seus significados ( li em um blog esta frase), mas ela foi generosa comigo e me mostrou tudo em uma só experiência.... então não digo que faria este ritual novamente.. quem sabe no futuro... mas quero poder através deste texto dar acesso a quem precise e sua alma clame por transformações, quem pede por respostas...

A erva vai ajudar a lhe trazer respostas.. se não as trouxer então lhe muda as perguntas...

Algo que hoje na segunda feira eu sinto é uma pulsação na minha pineal.... um misto de dor e pulsação... conversei com meu professor de mesa quântica e ele disse que é normal, faz parte da descalsificação da pineal.. e os espasmos da minha mão pararam, mas sinto muita energia... como energia de reiki que sai de mim, como se tivesse potencializado poder de cura....

Segundo as palavras do Mestre Irineu, fundador da doutrina do Santo Daime, “o Daime é para todos, mas nem todos são para o Daime”.

A ayahuasca foi a experiência mais fantástica que já vivenciei na minha espiritualidade... planta sábia, te dá exatamente o que vc precisa! Pelo fato de minha cerimônia ter sido com xamã, livre de dogmas e doutrinas me deixou mais tranquila., pra quem tiver interesse segue abaixo o contato do pessoal

 

Xamã Sahaj Kaliman  https://www.facebook.com/sahajkaliman

Gaia Kali Cerimonies  https://www.facebook.com/gayakalicerimonies

 

Gratidão por seu tempo, por ter lido minha experiência, espero ter levado alguma informação de valor para sua vida, Namastê

 

Flávia S Rosa

Comentários

 

Latest Articles

Aromaterapia e seus benefícios

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Cura Prânica - como atua, onde fazer, como funciona?

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

O que são os Florais e o que eles podem fazer por nós?

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Feng Shui by Master Shoa Kok Sui

terça-feira, 30 de agosto de 2016

O Poder do Portal 999 em 9/9/2016

domingo, 4 de setembro de 2016

Reiki - Seus benefícios

segunda-feira, 5 de setembro de 2016

OM - O Som Cósmico - Paramahansa Yogananda

quinta-feira, 3 de novembro de 2016